sexta-feira, 24 de julho de 2009

Orquestra Sinfônica Municipal de Santos no Convento do Carmo

No dia 19 de Julho, a Orquestra Sinfônica Municipal de Santos marcou a vintena de Nossa Senhora do Carmo com a apresentação das Vésperas Carmelitanas, do compositor alemão Händel, autor de obras para a Ordem do Carmo na Europa, no século XVIII. O espetáculo, regido pelo maestro Luis Gustavo Petri, teve a participação das solistas Heloisa Petri (soprano) e Regina Schlochauer (órgão), além do Coral Municipal de Santos, sob regência do maestro Roberto Martins.
Confira, logo abaixo, o vídeo da apresentação, produzido e editado por Emílio Pechini:

video

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Orquestra Sinfônica faz concertos em Santos e Campos do Jordão

Diário Oficial de Santos
---

A Vintena e Festa de Nossa Senhora do Carmo foi marcada, domingo, pelo concerto da Orquestra Sinfônica Municipal de Santos, regida pelo maestro Luís Gustavo Petri. A apresentação , às 12 horas, no Convento do Carmo (Centro Histórico), teve a participação das solistas Heloisa Petri (soprano) e Regina Shlochauer (órgão), além do Coral Municipal de Santos, sob regência do maestro Roberto Martins. A Sinfônica executou obras de Haendel, compositor alemão e autor de músicas para a Ordem do Carmo na Europa, no século 18.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

É dia de celebrar N.SRA. do Carmo

Expresso Popular- Pág 4 - Geral
---
Hoje é o dia de Nossa Senhora do Carmo, santa padroeira dos marinheiros e do Convento do Carmo de Santos, que, com 420 anos, é o 3º mais antigo dos carmelitas do País. Ela também é protetora dos náufragos. A história revela que o título da santa está unido ao símbolo do escapulário, que significa proteção.
De acordo com o padre da paróquia de Nossa Senhora do Carmo, Javier Mateo Arana, a origem da devoção do escapulário de Nossa Senhora do Carmo surgiu como um jeito de lembrar o avental usado pelos carmelitas. "Essa é uma forma de reminiscência aos vestes dos carmelitas, usados para servir aos mais pobres no período da Idade Média".
Segundo o reitor do Santuário de Nossa Senhora do Carmo e prior do Convento do Carmo, frei Lino de Oliveira, muitos fiéis acompanharão a programação em homenagem à santa, que vai até 27 de Julho. "Esperamos mais de duas mil pessoas durante o evento, que contará inclusive com a participação de diversos corais liturgicos".

Salvação

Em 16 de Julho de 1251, preocupado com as hostilidades sofridas pelos carmelitas, o pior deles, Simão Stock, rezou a santa fervorosamente. Foi relatada a visão que mostrou a Virgem Maria, cercada de anjos, segurando nas mãos o escapulário da ordem atual e a afirmar: "Eis o privilégio que dou a ti e a todos os filhos do Carmelo: todo o que for revestido deste hábito será salvo". Já o papa Pio XII recomendou essa devoção do escapulário como símbolo da proteção da Mãe de Deus.

terça-feira, 7 de julho de 2009

Click no A Tribuna :O Convento do Carmo

A Triubuna - A-9 - Baixada Santista
---
O Convento do Carmo, patrimônio tomabado e o mais antigo de Santos e o terceiro do Brasil, comemora 420 anos. A partir de hoje até o dia 27 deste mês, acontecerão missas, confraternizações e apresentações musicais no local, que é um dos mais importantes prédios religiosos da Cidade. O lugar foi inaugurado pelos padres carmelitas no dia 24 de abril de 1589 em terras doadas por Braz Cubas.
---
Vintena Começa hoje com coral da Aparecida
Hoje, com início da Vintena de Nossa Senhora do Carmo, o Coral Mater Aparecida, da Paróquia de Nossa Senhora de Aparecida, se apresenta, às 18 horas, no Santuário de Nossa Senhora do Carmo. A programação que segue até dia 27 de julho, prevê a apresentação da Orquestra Sinfônica de Santos no dia 19, ao meio dia.

domingo, 5 de julho de 2009

Convento do Carmo, no Centro Histórico, comemora 420 anos

A Tribuna- A-14- Baixada Santista
--
Em comemoração aos 420 anos do Convento do Carmo, patrimônio tombado e um dos mais importantes prédios religiosos de Santos, realizará a partir de terça-feira até o dia 27, missas, confraternizações e apresentações musicais.
No dia 16, a partir das 18 horas, será realizada a solenidade de Nossa Senhora do Carmo, com missas e procissão pelas ruas do Centro Histórico. Já no próximo dia 19, a partir das 12 horas, a programação prevê a apresentação da obra sacra Vésperas Carmelitanas, do compositor alemão Handel, pela Orquestra Sinfônica Municipal de Santos, sob regência de Luiz Gustavo Petri e dos corais litúrgicos, além da confraternização com o Café Amigo Carmelitano.
Neste período as missas serão realizadas de segunda a sexta-feira, às 7h30, 12h30 e às 18 horas, aos sábados, às 17 horas, e aos domingos, às 8h, 11h e 18 horas.
Inaugurado pelos padres carmelitas no dia 24 de abril de 1589 em terras doadas por Braz Cubas, o Convento do Carmo é o mais antigo da Cidade e o terceiro do Brasil.

sábado, 4 de julho de 2009

Vintena celebra 420 anos do Convento do Carmo

Diário Oficial de Santos
---
Patrimônio tombado e um dos pontos mais importantes do turismo religioso em Santos, o Convento do Carmo (Praça Braão do Rio Branco, 16- Centro Histórico) vai desenvolver programação especial de terça-feira ao dia 27, com missas e apresentações musicais. Trata-se da Vintena de Nossa Senhora do Carmo, que celebrará os 420 anos de fundação do Convento, completados em abril.
Nesse período, as missas serão de segunda a sexta, às 7h30,12h30 e 18; Aos sábados, às 17h; e aos domingos, às 8h, 11h e 18h. O ponto alto será dia 16, com a solenidade de Nossa Senhora do Carmo, com missas e procissão pelas ruas do Centro Histórico, a partir das 18h.
A Orquestra Sinfônica Municipal de Santos, sob regência de Luiz Gustavo Petri, executa no dia 19, às 12h, a composição sacra 'Vésperas Carmelitanas', do alemão Handel.

Atração Turística


Inaugurado pelos padres carmelitas no dia 24 de abril de 1589 em terras doadas por Braz Cubas, o Convento do Carmo é considerado o mais antigo da cidade e o terceiro do Brasil. O Convento faz parte do conjunto que engloba a igreja Venerável Ordem Terceira do Carmo e o Santuário de Nossa Senhora do Carmo. Em estilo barroco, o Conjunto do Carmo faz parte do patrimônio nacional desde 1940. Foi tombado em 1981 pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artísitico e Turístico), e em 1990 pelo Condepasa (Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Santos). Além disso, está incluido no programa de 'Visitação Monitorada às Igrejas de Santos', realizado gratuitamente pela prefeitura, por meio da Setur (Secretaria de Turismo). O patrimônio é apresentado por uma 'vovó sabe tudo', que aborda história, arquitetura e curiosidades do local. Outra dica é o Canto Gregoriano, sempre no segundo domingo do mês, na missa das 11h. O santuário pode ser visitado aos sábados e domingos, das 15h às 17h, e a Ordem 3ª, de segunda a sexta, das 8h às 11h30, e das 13h30 às 17h.